RANGEL LIMA - Psicólogo, Coach e Palestrante

Artigos



O Desafio para Crescer e Gerar Resultados

17/09/2017

Na Psicologia, na vida e nos negócios, seguimos uma estrutura que determina e orienta nossas ações e resultados. Muitos, nem se dão conta desse processo, ou de como isso influencia o nosso comportamento. Por isso, irei descrever como podemos melhorar nossos resultados a partir da mudança ou da tomada de consciência das nossas intenções.
O ponto de partida é definir a pessoa que queremos ser. Por exemplo, se decido ser uma pessoa de sucesso, tenho que ter em mente onde ou em que área quero ter sucesso e a qualidade que preciso adotar para atingir esse objetivo - ser determinado, ousado, disciplinado - ou seja, que atitude será determinante. Ao tornar específico um objetivo, vontade, desafio que tenho ou quero atingir, fica mais fácil saber por onde vou começar, ou o primeiro passo para a execução de muitas ideias. Além disso, tornar algo específico nos ajuda a treinar onde temos que colocar foco, o passo a passo nos ajuda a planejar, exercício fundamental para quem quer alta performance nos resultados. Consolidado o projeto, é hora de partir para a ação.

Seguindo a ideia do sucesso, que poderia ser escalar o monte Everest ou expandir os negócios para uma nova região, o passo do “fazer” diz respeito ao desenvolvimento do plano, isto é, o que eu preciso fazer para atingir minha meta. Essa é a etapa da mensuração, que é a capacidade de quantificar, transformar em números tudo o que temos para fazer. Dessa forma, vamos tornar claro quanto tempo vamos levar, quanto custa, quanto tenho que economizar, quantas horas tenho que trabalhar, quanto vou ganhar, quanto precisarei fazer mais para produzir mais, quanto para estudar, para realizar, para desfrutar, para ficar em algum lugar, etc. Essa é a fase determinante, pois se o planejamento foi bem desenvolvido, a execução tornar-se-á mais fácil. E é aqui que muitos ficam pela metade do caminho (empresas fecham, pessoas desistem dos seus sonhos). Contudo, se cruzarmos até o terceiro estágio, chegaremos ao “ter”, que é a fase da conquista e da realização.

Em resumo, se quisermos melhores resultados na vida e nos negócios, primeiro devemos definir o que queremos ser, depois fazer o que precisa ser feito, para então, obter a mudança ou objetivo almejado. Nesse processo, é importante levar em conta que o que desejamos deve estar ao nosso alcance. Caso contrário, eventual tentativa frustrada pode tornar-se um martírio, que será muito maior do que se você considerasse as suas limitações e projetasse uma meta atingível. Uma tarefa realizável é a melhor motivação que podemos ter para continuar fazendo mais.

Por isso, dê um passo de cada vez, reconheça que para toda evolução existe um custo, um sacrifício, e vá colocando um tijolinho por vez, assim seu castelo será mais forte. Mas é claro, se você acredita que pode mais, tenha coragem e avance na meta. A maior superação é aquela que temos em relação a nós mesmos. Como diz Roberto Shinyashiki, “negar as próprias aspirações é um desperdício de energia que falta para suas realizações”. Evite se preocupar em ganhar dos outros, ser melhor que os outros, concentre-se em você, em ser uma pessoa melhor, e o resto será consequência. Pense nisso, entre em ação e o sucesso será mera consequência.

Leia também: Porque é dificil mudar
Quer saber como fazer reuniões mais produtivas? Clique aqui e assista o vídeo, são apenas 3 minutos.  

Autoria: Rangel Lima - Psicólogo, Coach e Palestrante






topo